Fale Conosco : (45) 3025-1313

ELEIÇÕES PREVI - VOTE CHAPA 4

04/04/2018

ELEIÇÕES PREVI - CONTEC E FEEB-PR APOIAM A CHAPA-4  AUTONOMIA E INOVAÇÃO
PARA AMBOS OS PLANOS

Continuar aperfeiçoando os canais de comunicação e atendimento da Previ com inovações tecnológicas e adotando a transparência e o respeito como pilares fundamentais na relação com o associado.

Priorizar os interesses dos associados, em conjunto com as suas entidades representativas, na defesa da Previ contra interferências políticas, de governo e da pressão de grupos com interesses contrários aos dos associados.Otimizar ainda mais as despesas administrativas, de forma a diminuir as Taxas de Carregamento e de Administração dos planos.

Aprimorar os critérios, prazos e limites para concessão e renovação de empréstimos simples e os critérios de amortização, permitindo inclusive o pagamento progressivo de parcelas.

Continuar fortalecendo sistemas e processos de auditoria nos contratos, nos investimentos e na gestão da Previ buscando maior transparência e solidez aos Planos de Previdência.

Fortalecer a cobrança junto ao patrocinador dos valores para recompor a reserva matemática dos benefícios oriundos de demandas trabalhistas do próprio Banco do Brasil.

Lutar para restabelecer a utilização do FGTS para amortização e quitação relativas ao empréstimo imobiliário.

Lutar pela criação de espaço no site para publicação das atas com os votos dos dirigentes a exemplo do que é feito nas empresas do Novo Mercado.

Continuar atuando assertivamente para impedir investimentos em projetos duvidosos ou tecnicamente inviáveis.

Defender a criação de assessoria financeira de modo para orientar os associados na melhorias de sua organização econômica, bem como na solução de dívidas.

Defender o segundo turno nas eleições da Previ, bem como a eleição para o conselho fiscal em votação isolada, para garantir a independência dos conselheiros.

Lutar pela aprovação de projeto no senado Federal, que altera artigos da Resolução CGPC 26/2008, que permitiu ao banco apossar-se de R$ 7,5 bilhões.

Defender a não aprovação do PLP 268, que acaba com direitos dos associados e terceiriza a gestão.

Continuar lutando pela mudança de estatuto, restabelecendo direitos dos associados, como o fim do voto minerva, volta da consulta ao corpo social e garantindo que a governança tenha dirigentes tanto do Plano 1 quanto do Plano Previ Futuro.

Defender funções adicionais aos conselhos consultivos de planos de forma a valorizar sua participação na governança.

PARA O PLANO 1
Defender o ressarcimento, pelo BB, das despesas pelo pagamento do BET aos colegas pré-67, de responsabilidade do patrocinador conforme acordo de 1997.

Por ser um plano maduro, defenderemos investimentos em ativos com maior liquidez, rentabilidade e menor risco, aumentando a segurança do plano.

Defender parcela Previ mais justa para os associados de forma a não haver perda dos benefícios.

Defender valores de pensão mais justos, aumentando o benefício total.

Continuar lutando pela aprovação e implantação do teto para cálculo dos benefícios dos estatuários, NRF Especial (salário de auditor/contador), aprovado em 2008.

PARA O PREVI FUTURO
Ampliar a autonomia dos associados na gestão de seu saldo de reserva, reduzindo o prazo de carência para migração entre perfis de investimento.

Inovar na gestão de investimentos buscando a maior rentabilidade possível com exposição controlada a riscos,  considerando o ciclo de vida do associado, visando incrementar os valores dos benefícios.

Continuar na busca de maior transparência nas decisões de investimento, seus respectivos retornos/riscos, bem como na divulgação das carteiras de maneira a ficar clara a comparação com os fundos de previdência e benchmark para cada tipo de investimento realizado.

Lutar pela implantação de contribuições sobre a PLR com contrapartida do BB.

Lutar para inovar nos critérios de pontuação da contribuição 2B para permitir maior participação de todos com contrapartida do Banco.

Continuar atuando para implantar o resgate das contribuições patronais quando do desligamento do plano, proposta já aprovada na Previ e aguardando aprovação pelo órgão regulador.

Lutar para facilitar o reingresso, facultando ao interessado o recolhimento das contribuições pessoais relativas ao período em que permaneceram suspensas.

Lutar para mudar a norma junto à Receita Federal para que a opção pela tabela regressiva x progressiva não seja na adesão ao plano e sim perto da aposentadoria.

Lutar para que haja opções de amortização do empréstimo imobiliário. Fonte FEEB-PR.




  Email

  secretaria@sindicatobancariosfoz.com.br

  Telefone

(45) 3025-1313

Nossa Localização

Av. Jorge Schimmelpheng, 600
Sala 205, Ed. Center Foz, Centro
CEP 85851-110 | Foz do Iguaçu | Paraná

FILIE-SE

Fortaleça seu sindicato!

Todos direitos reservados a Sindicato dos Bancarios Foz - Copy right 2017 | Developed