Fale Conosco : (45) 3025-1313

SALÁRIO MÍNIMO IDEAL EM FEVEREIRO DEVERIA SER DE R$ 3.682, DIZ DIEESE

07/03/2018

Cálculo considera direitos previstos na Constituição, que determina que  salário deve cobrir despesas como alimentação, moradia, saúde e educação 

O salário mínimo ideal em fevereiro deveria ser de R$ 3.682,67, de acordo com  cálculo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos  (Dieese). O valor é 3,86 vezes o piso salarial de R$ 954 e leva em consideração  a capital com a cesta básica mais cara e necessidades como moradia, saúde,  educação vestuário, higiene, transporte, lazer e previdência. 

O levantamento considera os direitos previstos na Constituição, que  estabelece que o salário deve suprir despesas do trabalhador nestas categorias.  Segundo o Dieese, em janeiro, o valor ideal do salário mínimo seria R$ 3.658,72,  valor equivalente a 3,90 vezes o piso que, até então, estava em R$ 937. 

Em relação à pesquisa de prhttp://www.feebpr.org.br/images/media/766641175a9fcb449a663.jpgeços da cesta básica, 13 das 20 capitais  analisadas pelo Dieese apresentaram redução nos preços. Nas demais localidades,  houve aumento. O resultado indica uma situação mais vantajosa para o bolso dos  consumidores, já que em janeiro, os preços subiram em todas as capitais  pesquisadas. 

Em fevereiro, a maior queda de preços ocorreu em João Pessoa (-3,96%). Em  seguida, estão Natal (-3,20%) e Campo Grande (-2,98%). Entre as capitais em que  a cesta ficou mais cara, os destaques foram Belém (3,37%) e Fortaleza (2,03%).

Depois de registrar o segundo maior valor da cesta, a cidade do Rio de  Janeiro ocupou a primeira posição ao registrar média de R$ 438,36. Na sequência,  entre as capitais com a cesta mais cara, estão São Paulo (R$ 437,33), Porto  Alegre (R$ 434,50) e Florianópolis (R$ 425,05). 

Ao mesmo tempo, as cestas mais em conta foram encontradas em Salvador (R$  336,59) e Aracaju (R$ 341,59). No acumulado dos últimos doze meses, houve queda  de preços em 13 cidades, sendo Manaus (-4,90%), Goiânia (-4,25%) e Belém  (-4,10%) com as reduções mais expressivas. As principais altas ocorreram em  Recife (3,49%) e Rio de Janeiro (3,25%). 

Tempo necessário para comprar a cesta básica Segundo o Dieese, com salário  mínimo atual, o tempo médio necessário para comprar os produtos da cesta básica  foi de 88 horas e 38 minutos. O tempo caiu na comparação com janeiro, quando foi  necessário trabalhar por 89 horas e 29 minutos para adquirir a cesta com o  mínimo em R$ 937. (Fonte: Brasil Econômico) do site FEEB-PR do site FEEB-PR.




  Email

  secretaria@sindicatobancariosfoz.com.br

  Telefone

(45) 3025-1313

Nossa Localização

Av. Jorge Schimmelpheng, 600
Sala 205, Ed. Center Foz, Centro
CEP 85851-110 | Foz do Iguaçu | Paraná

FILIE-SE

Fortaleça seu sindicato!

Todos direitos reservados a Sindicato dos Bancarios Foz - Copy right 2017 | Developed